Pular para o conteúdo
Conexão indígenas
Search
Close this search box.

Festival Brasil é Terra Indígena-2023, veja programação do evento

Festival Brasil é Terra Indígena-2023, veja programação do evento

Brasília receberá a primeira edição do Festival de Música, Comunicação e Sociobiodiversidade Indígenas de 2023, também conhecido como Festival Brasil é Terra Indígena, é um evento gratuito que acontecerá nos dias 13 e 14 de dezembro de 2023 no Museu Nacional da República, em Brasília.

O festival tem como objetivo promover a cultura indígena e a conscientização sobre a importância da demarcação das terras indígenas.

Atração e Debate

O evento contará com apresentações musicais de artistas indígenas de todo o Brasil, além de palestras, oficinas e debates sobre temas como a comunicação indígena, a sociobiodiversidade e a defesa dos direitos indígenas

  • Apresentação da Orquestra Mundana de Metais
  • Show da banda indígena Guarani Kariri-Xocó, do Ceará
  • Palestra do jornalista indigenista Eloy Terena sobre a comunicação indígena
  • Oficina sobre a sociobiodiversidade indígena
  • Debate sobre a defesa dos direitos indígenas

Atrações confirmadas para o festival como artistas indígenas conta com:

Djuena Tikuna, Kaê Guajajara, Siba Puri, DJ Rapha Anacé, Tainara Takua, Gean Pankararu, Heloisa Araújo Tukue, Brisa Flow, DJ Eric Terena, MC Anarandá, Katú Mirim, Edvan Fulni-ô, Suraras do Tapajós, LaManxi, Brô MC’s e Grandão Vaqueiro. Outros artistas consagrados da cena musical brasileira, como Lenine, Gaby Amarantos e Felipe Cordeiro participam como convidados dos músicos indígenas. Os Bro Mc’s convidam o rapper Xamã ao palco. Gaby Amarantos e Felipe Cordeiro são os convidados do show das Suraras do Tapajós. Gean Pankararu leva para a sua apresentação o cantor Lenine. Já Mariene de Castro participa do show da cantora Djuena Tikuna

Apoio

Evento tem apoio do Ministério dos Povos Indígenas e do Ministério da Cultura, a organização do evento tem como objetivo dar palco para vários talentos jovens indígenas e da cultura indígena. Em material de divulgação, a coordenadora do festival, Priscila Tapajowaram, disse: “Queremos dar espaço a quem já tem estrada e a quem está começando. Para promover um grande intercâmbio e fortalecer o teor político do festival, convidamos artistas não-indígenas consagrados na indústria musical que sejam aliados da nossa causa”.

Além da apresentação, evento também contara exposições de arte e debates sobre riqueza cultural e bioeconomia.

Leia também; Estudantes Indígenas da Unb protestam durante ato em Brasília contra PL 490 

Feira de arte

dias de festival, das 9h às 20h. Cerca de 80 artistas indígenas foram convidados, procedentes de todos os seis biomas brasileiros. Entre as etnias presentes estarão os povos Yanomami, Macuxi, Terena, Baré, Ashaninka, Kadiwéu, Guarani, Guajajara, Tremembé, Wauja e Mehinaku.

O festival é uma oportunidade de conhecer a cultura indígena e aprender sobre a importância da demarcação das terras indígenas.

Local do evento

Festival Brasil É Terra Indígena
Museu Nacional da República (Setor Cultural Sul, Lote 2). Dias 13 e 14 de dezembro, das 9h às 20h e o Espaço Tecnologia e Ancestralidade a partir das 10h.


Descubra mais sobre Conexão Indígenas

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress

Descubra mais sobre Conexão Indígenas

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading